Dedicação da Chloe

Nós dedicamos a Chloe ao Senhor, e eu não poderia estar mais feliz! Hoje quero compartilhar um pouquinho desse momento especial.

Que privilégio ter uma vida dedicada a algo, com propósito e devoção. Queria muito ter feito antes, mas conciliar a data de todos da nossa família era algo bem difícil, quase que impossível! Mas, finalmente deu certo! Vocês lembram da dedicação da Bela? Nós também mostramos aqui no blog, e confesso que naquela época que eu era só tia, fiz mais coisas do que agora que sou mãe!rs. Que vergonha! Tadinha da Chloe.

Meus pais estavam e a Lorena também. Só faltou a família do Lícius, papai da Chloe. Mas, eles estão morando super longe e tem sido difícil nossos encontros. Nessas horas dá vontade de encurtar o mundo só pra ter as pessoas que a gente ama mais pertinho, não é verdade? O legal é que toda programação foi transmitida ao vivo no canal da igreja e a família conseguiu assistir tudinho.


A dedicação da Chloe aconteceu na igreja que eu e a Lore crescemos, é uma igreja jovem, receptiva que passamos nossa infância e adolescência… Ah! Conheci meu marido lá também! Escolhemos um Pastor que gostamos muito, o Pr. Conrad. Ele conhece o Lícius desde pequeno, e a minha família há muito tempo, então nada mais legal do que tê-lo nesse momento especial.

Nós, como pais, falamos algumas palavras para todos os membros da igreja. Afinal de contas, mesmo sendo nós os responsáveis, oficiais educadores e conselheiros, sabemos que não seremos os únicos a conduzir a Chloe no caminho certo, todos terão alguma influência, algum impacto e impressão na vida da nossa pequena e fizemos um convite para que todos nos ajudassem nessa missão! E foi lindo e emocionante.

Nossos familiares que moram no Rio de Janeiro estiveram lá e nos sentimos muito amados por eles!

O ponto alto da programação foi a música linda que meu pai, o vovô da Chloe fez. Algumas semanas antes, conversando com ele, falamos sobre a música, e ele disse que cantaria uma música antiga do repertório dele… Então, eu desencanei sobre ter algo bem específico e diferente para a Chloe, sabe? Para minha surpresa, na hora que ele começou a cantar, eu percebi que a música era inédita, a letra vinha do coração, cheia de amor e todos nós desabamos em lágrimas! Impossível não se emocionar.

Eu paguei minha língua novamente, não queria chorar! É um momento de tanta alegria, não é mesmo? Não temos motivos para chorar, mas o choro era de alegria mesmo… Quem estava lá, sabe que eu SÓ chorei! Que presente, que benção e que desafio ter uma filha!
Tudo que mais desejamos é que ela seja feliz, temente a Deus, que tenha princípios e valores inabaláveis, um coração bom e que seja uma luz nesse mundo tão duro e escuro.

Que Deus nos capacite, como pais, para conduzí-la! E que a nossa família permaneça unida, forte e possamos juntos estar preparados para o céu.

Depois do culto, preparamos um almoço simples e bem gostoso em família!:)

Deixe seu comentário

9comentários

  1. Betania - 29 de setembro de 2017 às 12:54

    Lindo! Inspirador! O Senhor cobrirá de bençãos o caminho dessa pequena!

  2. Jaque porto - 29 de setembro de 2017 às 13:29

    Junia, como eh difícil criar uma filha nesse mundo tão sombrio. E que benção termos esse privilégio. Também tenho a minha aqui e não tenho religião alguma. Sinto falta de estar em conexão, não sei com o que, ou com quem, mas quando ela esteve em UTI eu não conseguia orar. Tento tentando aprender a orar, sou muito cética, crítico tudo, desconfio, contexto. Sinto falta de conhecer um Deus sem dogmas, sem prisões emocionais e julgamentos, que é o que eu infelizmente vejo na maioria das religiões e dos religiosos que tem por aí. Que benção vocês terem encontrado esse caminho. Um dia talvez eu encontre o meu. Fiquei emocionada com esse post

    1. Juliana Bernartt - 29 de setembro de 2017 às 16:42

      Jaque, desculpe me meter no seu comentário! rs
      Mas é que fiquei tentada a te dizer algumas coisas… principalmente quando disseste que sua bebê esteve na UTI. Meu Miguel tbm passou por poucas e boas durante um período em que esteve internado na UTI, ano passado. E posso te dizer que se não fosse a minha fé em DEUS (livre de qualquer religião, de qualquer preconceito, de qualquer visão humana invertida das coisas da Terra e do céu), eu certamente não teria conseguido ou teria encontrado muito mais dificuldade para passar pelas provações que passamos.
      Por isso te digo: conversa com Deus, do teu jeito. Com as tuas palavras. Como se fosse um amigo que acabou de conhecer e aprofunda essa amizade. É assim que a nossa fé começa a nascer e a crescer. Quando se der conta, estarão íntimos! 🙂
      Sou católica desde criança. Amo minha religião. Porém enxergo nela muitos pontos que não concordo. E nem por isso deixo de acreditar no Deus de amor que conheci ainda bem menina. Vale a pena acreditar! Deixa a nossa vida mais leve, mais completa!! <3
      Hoje, sempre conto dos anjinhos da guarda para o meu pequeno. E peço a Deus pra que ele cresça em estatura e graça crendo nEle.
      Um beijo, de mãe para mãe!

      1. Juli Fernandes - 16 de Janeiro de 2018 às 07:14

        <3 <3 <3

  3. Luciana - 29 de setembro de 2017 às 13:51

    Que benção. Tudo lindo. Gostaria de assistir. Vocês gravaram o programa? Beijos.

  4. Juliana Bernartt - 29 de setembro de 2017 às 16:44

    Que coisa mais linda!!!
    Amo o blog, desde minha época de noiva! hehehe (Lapis de Noiva).
    E agora que também sou mãe, acompanho mais de pertinho tudo!
    Parabéns pela delicadeza e simplicidade meninas!

    1. Lápis de Mãe - 2 de outubro de 2017 às 16:30

      Que linda!! E obrigada pelo carinho 🙂

  5. Edna nery da silva borbely - 29 de setembro de 2017 às 19:49

    🤗🤗😍😍

  6. Vanessa Rocha - 29 de setembro de 2017 às 23:10

    Feliz por participar desse lindo dia! Amamos vcs!