Como a Bela está reagindo com a chegada do Pedro

A Bela sempre foi muito apegada comigo. Algumas fases ficou mais com o Diego, mas, no geral, é grude da mamãe. Quando desmamou, aos 20 meses, continuou muito xodó. A gente sempre pensava “como vai ser quando vier o segundo?”.

Eu ainda não sei dizer como será quando o Pedro nascer, mas desde a notícia de que tinha um bebê na minha barriga, foi a Bela quem mais vibrou, quem mais se apaixonou. Um sentimento incompreensível, de cuidado, amor, alegria, expectativa….

Desde o começo ela já sabia que seria um menino. Como pode? No dia da descoberta, era como se todo mundo já soubesse, afinal, a Bela já tinha deixado mais que claro que seria irmã de um “mimino”. O nome? Também fez questão de escolher.

Que amor é esse?

Confesso que com a correria, rotina, muitas vezes esqueci momentaneamente desse menino na barriga, mas a Bela não!

“Oi Pedro, bom dia!”;
“Vamos no shopping? Eu, a mamãe, o papai e o Pedro.”;
“Mamãe, como está o Pedro?”;
“Pedro, não chora, eu estou aqui!”;
“Quando o Pedro nascer ele vai pro colo da Bela.”;
“Um pra mim e um pro Pedro.”;
“Minha família: mamãe, papai, Bela e Pedro.”;
“O Pedro tá mexendo, papai!”;
“Esse presente é pro Pedro.”;
“O Pedro também tem um anjo.”.

Carinhos, beijos, abraços, oração… Eu nunca imaginei que pudesse receber tanto amor assim.

Ah! E quando ela esbarra ou cai em cima de mim, logo fala “Ops! Desculpa, Pedro! Tá tudo bem!”. Agora, toda vez que vem para o meu colo, pergunta: “não vai machucar o Pedro não, mamãe?”. Ela tem a sensação de que o peso pode ser ruim para o bebê. É muita sensibilidade.

Se esse menino é bem-vindo? Ô se é! E a Bela faz com que eu o ame ainda mais. A expectativa é grande, e eu mal vejo a hora de ter amor multiplicado aqui fora. Será uma explosão de sentimentos (só de escrever já choro). Pode ser que ela tenha ciúmes, queira chamar atenção. Não tem problema! O que eu tenho certeza é que foi a hora certa. A Bela estava mais pronta do que nunca para ser irmã mais velha.
A parte mais linda é que ela, a cada dia, me transforma em uma mãe melhor, em um ser humano melhor, e torna nossa família mais unida e feliz.

A maternidade é realmente incrível, transformadora, curativa e extraordinária. Apesar dos percalços, dos perrengues, cansaço, tudo fica pequeno diante de todo envolvido.

Estamos te esperando, Pedro! E você já tem uma melhor amiga.

Veja também:
Bela + Pedro pelas lentes da tia Leticia Umbelino
Promovida a irmã mais velha
O dia em que descobri que seria mamãe de segunda viagem
Como escolhemos o nome do bebê

quem faz parte desse post

Foto: Leticia Umbelino

Deixe seu comentário

4comentários

  1. Carla Mesquita - 15 de Janeiro de 2018 às 11:20

    É muito amor né !!! Aqui meu filho me dava um pedaço de fruta, ou até bala e dizia : esse é para meu irmão … não mastiga que é para ele !!!! ❤️❤️

    1. Lápis de Mãe - 15 de Janeiro de 2018 às 13:36

      Aiii que gracinhaaa!! s2

  2. Thais Fortes - 18 de Janeiro de 2018 às 08:47

    Ai que lindo!!! A Bela realmente é muito meiga e delicada! Amo esse blog!!!

    1. Lápis de Mãe - 18 de Janeiro de 2018 às 11:22

      Ahh, obrigada!!