{Relato de Parto} Nossa Grande Aventura – Laura

A espera de um serzinho que a gente não conhece, é um tanto desafiador. Ficamos nove meses esperando ansiosamente para entender o que se passa dentro de nós, como tudo funciona, se está tudo bem, se ele(a) está dormindo, acordado… São muitas dúvidas e muitos desafios que os pais passam nessa fase, não é mesmo?

Já dividimos com vocês momentos lindos e emocionantes, de tirar o fôlego, como o da Manu; a doce espera do Bernardo; o parto natural do Ben, e muitas outras histórias que só de rever nos fazem sentir saudades e vontade de ter nossas bebês de volta na barriga! hehe

Hoje estamos compartilhando a chegada da Laurinha. Não foi nada fácil, a princípio a Laura estava prevista para nascer dia 16/04, mas só nasceu dia 30/04! Haja coração! 14 dias depois?! Imagina a ansiedade desses pais! Mas, no final, deu tudo certo e ela chegou com saúde e muito amor.:)

A mamãe Jessica conta com detalhes como foi esse momento…

“A gravidez foi bem tranquila e tentamos continuar equilibrando o nosso trabalho e os afazeres do dia a dia. Mas, no terceiro mês precisamos dar uma pausa… A placenta havia descolado e o médico pediu repouso absoluto por 11 dias. Após o repouso, ficou tudo bem, graças à Deus! Mas foi uma luta esse período sem saber o que estava acontecendo e se iria ficar tudo bem.

Nas últimas semanas de gestação (pelo menos achávamos que eram, rs), começamos a ir para a maternidade a cada dois dias. Controlávamos os batimentos da nossa pequena e verificávamos possível dilatação e contrações. Todos os dias eu sentia algumas dores, mas nada que mostrasse trabalho de parto.

Ficamos nessa ida e vinda durante TRÊS SEMANAS, quando finalmente um dos médicos disse “2cm, mas sem contrações! Se continuar assim, na próxima consulta, em 2 dias, precisaremos fazer uma indução.” E a nossa aventura só estava começando…

Tudo aconteceu quando o papai, que estava viajando `a trabalho, fotografando em Trancoso, só voltaria no domingo. Era sexta `a noite quando nossos grandes amigos, Jefferson e Mario, avisaram que haviam comprado uma nova passagem para que o papai chegasse a tempo de assistir tudo. Os planos eram que, assim que o avião chegasse em Guarulhos ele fosse direto para a maternidade, com uma diferença de apenas 30 minutos, já que moramos em Arujá; masssss houve um erro e ele acabou indo para Campinas. Ou seja, o dia inteiro foi com MUITA EMOÇÃO!
 
Mas as surpresas não pararam… A cesárea foi marcada após `as 16h porque eu havia comido para fazer o exame de cardio na parte da manhã e teria que aguardar para, enfim, ser anestesiada.

O papai chegou no momento da anestesia, e como eu já estava no procedimento, ele não pôde me acompanhar no pré-parto. E o sofrimento para ser anestesiada foi longo e precisou ser feito duas vezes.

Quando finalmente o papai entrou, a enfermeira viu a câmera na mão dele e disse:
– “Você só poderá fotografar quando eu te entregar sua filha!”

Mas o papai é teimoso e continuou… A enfermeira brigou, e ele retrucou:
– “Eu não sei se vou ter outro filho, eu vou fotografar sim!” hahaha

E, finalmente a nossa doce Laura chegou! Aquele chorinho estridente, cheio de amor. Papai, nervoso, continuou fotografando sem reação. Ele disse que ficou em choque e a única reação, ao ver sua pequena foi  apertar o botão da câmera!:)


A Laurinha chegou para alegrar nossas vidas; para nos dar novo sentido, novas aventuras como essa. Chegou vitoriosa e mostrando para o que veio!
Laura, nossa guerreira e escolhida por Deus! Nosso presente mais lindo dos Céus.”

quem faz parte desse post

Fotos: Caio e Jéssica Fotografia

Deixe seu comentário