Estou grávida, e agora?

As primeiras coisas que passaram na nossa mente quando descobrimos que estávamos grávidas, foram: “Será que é verdade?”, “Será que esse exame está certo?” Logo depois, chorando e rindo ao mesmo tempo, pensamos: “Não sabemos como cuidar de uma criança! O que vai ser de nós?” Uma mistura de alegria, felicidade extrema e medo de um futuro desconhecido.

Se você descobriu que será mamãe e está feliz da vida, querendo gritar para o mundo todo ouvir, e também não sabe o que fazer, esse post é para você!

SAIBA QUE VOCÊ NÃO TEM CONTROLE 

A primeira coisa que você deve saber é que o amor mais intenso e mais puro está prestes a chegar na sua vida! Essa é uma experiência nunca antes vivida, diferente de tudo e completamente arrebatadora.

Estar grávida pode ser simples e nada complicado; para algumas pessoas pode ser tenso e com todas as complexidades possíveis e impossíveis. A partir do momento que você se tornar mãe, perceberá que não tem controle de tudo como gostaria. Você se tornará totalmente dependente e aprenderá a aceitar o que a vida te reservar.

Não podemos escolher a personalidade, a altura ou a cor dos olhos. Se não agendar uma data específica para o parto, ficará totalmente dependente, à espera do bebê. Você não sabe que tipo de mãe será, mas aos poucos vai aprendendo a amar, se doar e cuidar.

Eu, Júnia, consegui guardar segredo do marido. Só consegui mesmo porque ele estava viajando, então foi bem mais fácil!  Pensei em uma maneira de compartilhar a grande notícia, no fundo, sabia que ele teria mais medo do que alegria. O que é bemmm normal para os homens!

O momento certo e as condições perfeitas para se ter um filho, não existe. Acredite nisso! Sempre tem algo que você gostaria de fazer, uma viagem, um bem material para adquirir, um emprego dos sonhos, um mestrado, um relacionamento perfeito, a casa própria ou qualquer coisa parecida.

Ter filhos era nosso sonho sim, mas ainda bem que a vida surpreende a gente. E o momento certo chega.

No teste de gravidez da Chloe dizia 3 SEMANAS DE GRAVIDEZ. Refiz o teste e lá estava: “Já te disse, você está gravidíssima!” Nem fiz exame de sangue para confirmar! Precisava?

CONTAR A NOTÍCIA.  COMO ANUNCIAR? FAZER SURPRESA?

Passada a fase de confirmação, veio a fase de contar a notícia e achar o médico. Contar a notícia é mágico! É saber que existem mais pessoas amando seu bebezinho antes mesmo dele nascer. Talvez você queira fazer surpresa para o marido, com direito a vídeo e tudo! Talvez isso não faça sentido para você, mas não deixem de comemorar! Esse momento merece uma comemoração especial!

Você pode contar para a família toda reunida, em algum momento especial como Natal, aniversário ou alguma outra festa que esteja próxima e que reunirá o máximo de familiares possível.

ENCONTRANDO O PROFISSIONAL CERTO. PERGUNTE TUDO!

Contar a notícia foi fácil em relação a encontrar um médico! Um dos passos mais difíceis. Acreditamos que isso é saudável, faz parte do processo, sabe? Conhecer vários obstetras e escolher quem você tem mais afinidade, talvez demore mais do que o previsto, mas o importante é se sentir realmente amparada, segura e confiante.

O médico da Chloe atendia Whats, demonstrava se importar, não tinha tanta espera no consultório, tinha muito interesse e não tinha pressa nas consultas. Eu levava listinhas cheias de perguntas que iam surgindo durante a semana e ele respondia uma por uma.

Se você não planejou a gravidez, possivelmente não sabe muito sobre seu plano de saúde, médicos, coberturas e etc… Então, certifique-se tudo que seu plano cobre, possíveis reembolsos e maternidades disponíveis. Outro ponto importante é se o bebê ficará coberto também à partir do momento que nascer.

Por aqui, optamos por médico particular, maternidade particular e pedimos reembolso. Não foi muito, mas nos programamos financeiramente para isso! A maioria dos exames foram feitos em laboratórios que aceitavam o plano de saúde.

É importante verificar para onde você deve ir em caso de emergência. Precisei ir 2 ou 3 vezes na gestação e foi terrível! Tenha o telefone do seu médico em mãos e de preferência com seu marido ou outra pessoa que sempre esteja com você. Eles precisam saber para quem ligar nesses momentos.

SAÚDE E CUIDADOS ESPECIAIS

O ácido fólico e o materna foram os dois remédios que começamos a tomar assim que descobrimos que estávamos grávidas. Começamos antes mesmo de ir ao médico, porque isso já sabíamos. Na realidade, é importante tomar esse medicamento meses antes de engravidar, mas como as meninas chegaram de surpresa, não conseguimos antes.

Já não bebíamos, fumávamos, tomávamos café ou qualquer uma dessas coisas, então não nos preocupamos! Mas, se você tem algum desses pequenos vícios, tente parar com todas as suas forças; você aumentará as chances do seu bebê nascer mais saudável! Pesquise e saiba exatamente o mal que essas 3 coisas fazem para você e para o bebê.

Em relação à alimentação, precisamos cuidar bastante com as folhas e verduras cruas por conta das possíveis bactérias! Quem come carne também deve cuidar com certas carnes, alguns tipos de queijo (gorgonzola e brie), ovos, peixes e frutos do mar crus.

Além das coisas que não se deve comer, é importante saber exatamente quais são os alimentos importantes que devem ser ingeridos na gestação. Já fizemos um post só sobre isso aqui no blog. Tem um bebê em formação precisando de proteína, água e vitaminas.


Outro cuidado importante que deve ser tomado é com a atividade física. Alongamentos, natação, relaxamento, pilates, drenagem e caminhadas. Fazem bem para a mamãe, para o bebê e vai ser muito importante para a hora do parto! Além de dar energia, fortalecer, evitar o sedentarismo e manter o peso.

Essa parte do peso é importante! Não precisa se preocupar a ponto de fazer dieta, mas não precisa se apoiar na ideia de “estar grávida para comer tudo que vê pela frente”. Não existe esse papo que você precisa comer por dois, viu? Mas, por experiência própria, sei que dá muita fome. Se tiver equilíbrio estará tudo certo.

Seu corpo vai mudar, talvez sua pele e seu cabelo também. Mas é passageiro! Volta! Aproveite o barrigão, fotografe muito! Programe-se para registrar todas as semanas ou todos os meses. Eu me achava linda grávida!

ARRUME A CASA! E CLARO, NÃO DEIXE TUDO PARA AS ÚLTIMAS SEMANAS

Organizar a casa para a chegada de bebê vai muito além de deixar tudo organizado fisicamente! Tente ao máximo conversar com a família, preparar o coração, conversar muito com o papai, pensar em como serão as visitas, as divisões de tarefas, o retorno para casa, a rotina, quem ajudará vocês… Talvez muita coisa mude, talvez tudo! Mas é bom cogitar todas as possibilidades e estar pronta.

Tenha todos os possíveis contatos, faça pesquisa de banco de leite, de emergências, de serviços bons de alimentação/comidinhas.

Se organize! Não deixe enxoval, chá do bebê, quartinho ou decisões importantes para última hora. Agende e faça tudo com calma e antecedência!

Sobre a educação, já comece a converse com seu esposo em pequenas doses sobre a infância de vocês, como foram educados, os pontos que mais gostavam e repetiriam, e os pontos que não querem mudar como pais.

Se vocês forem fazer alguma obra em casa, no quartinho do bebê, comece de preferência no primeiro trimestre de gravidez, e se forem fazer mudança, estipulem um prazo para ela acontecer.

Filhos irão fortalecer o casamento de vocês. Aproveite a gravidez para namorar e curtir bastante, enquanto só existe vocês dois e o bebê não chega!

PREPAREM-SE PARA A MAIOR EXPERIÊNCIA DA VIDA!

Deixe seu comentário

2comentários

  1. Lilian - 2 de Fevereiro de 2018 às 12:17

    Olá, Jú!!! Tudo bem?

    Moro no Rio e estou procurando um ginecologista obstetra. Pode me indicar o que te atendeu? Se preferir me responde por e-mail 😉 .

    Muito obrigada. 🙂

    Lilian

    1. Laisla - 15 de Maio de 2018 às 23:47

      Ooie Boa Meu Nome É Laisla e Meu ginecologista obstetra E Da Boca Do rioo Se Quiser Mais Informações Mim Responde
      Lilian Obrigado