As primeiras vacinas do bebê – Hepatite B e BCG

Estamos com uma série de posts super especiais com a pediatra Dra. Marcia para as mamães de primeira viagem que estão cheias de dúvidas e precisando de ajuda, esclarecimentos e segurança nos primeiros exames, vacinas e experiência com o bebê! Quando a Chloe nasceu uma das maiores preocupações era sobre a saúde dela, principalmente em relação a nutrição e vacinas. Um mundo desconhecido começava bem ali.

Se você perdeu o primeiro post sobre a Vitamina K aproveite para ler e se informar a respeito.


Quais as primeiras vacinas que meu bebê precisa tomar e quando dá-las?
No primeiro ano de vida o bebê recebe muitas vacinas para evitar formas graves de várias doenças. A primeira já foi comentada em outro post, que é a da vitamina k. Já a segunda é a vacina da hepatite B. Ela deve ser administrada logo após o nascimento, com o objetivo de prevenir a infecção pelo vírus da hepatite B. Tão pequeno e já recebendo duas agulhadas! Mas, essas duas vacinas são extremamente importantes para a saúde do seu filho. Você pode vacinar seu bebê na maternidade mesmo, ou após a alta, em postos de saúde ou clínicas particulares de vacinas.
Mas lembre-se de que a recomendação da Sociedade Brasileira de Pediatria e do Ministério da Saúde é que a primeira dose dessa vacina deve ser aplicada nas primeiras 24 horas de vida, preferencialmente nas primeiras 12 horas de vida, ainda na maternidade.
Se a vacina for feita na clínica privada, seu bebê vai receber mais duas doses, com 2 meses e 6 meses. Caso ela seja feita nos postos de saúde, serão necessárias mais três doses, com 2, 4 e 6 meses. Em 2012, o Programa Nacional de Imunizações (PNI – Ministério da Saúde), incorporou a vacina “Pentavalente”, realizada com 2, 4 e 6 meses, e ela já contém a vacina da hepatite B, por isso que ele receberá essas 3 doses.
A segunda vacina é a BCG, que protege o bebê contra formas graves da tuberculose. Geralmente as maternidades não oferecem esta vacina! Mas você pode vacinar seu bebê logo após a alta, no posto de saúde ou em clínicas particulares. É a última injeção no primeiro mês de vida! Ufa! Que alívio.

Conta pra gente como foi sua experiência com essas duas vacinas e como foi a reação do seu bebê.

 

 

 

quem faz parte desse post

Foto via: Health Impact

Referência Bibliográfica: Ministério da Saúde (Secretaria de Vigilância em Saúde); Calendário de Vacinação 2016 –Recomendação da Sociedade Brasileira de Pediatria.

Deixe seu comentário