Amor de Primas

Que coisa mais deliciosa isso de ter primos, não é mesmo? 

Impossível não vir `a mente um filme da infância, lembrando das nossas primas, brincadeiras intermináveis, as “invenções de moda” na casa da vovó…. 

A Bela é apaixonada pelas primas. 


Ela ainda não tem tanta ligação com os amiguinhos do condomínio e da Igreja. Adora, mas não fala deles em casa. Já as primas….

A cada 10 palavras ela solta um “a Rafa…”, que é a prima mais velha, super protetora e a mais paciente do mundo pra brincar com a Bela. É lindo de ver as duas. Esses dias a Bela começou a falar Chloe e Helô, as priminhas mais novas (e elas têm a mesma idade, acreditam?). Temos aqui uma história clássica de 4 princesas e todos os dias, todos os dias mesmo, temos que contar a história dessas 4 princesas (Rafa, Helo, Chloe e Bela). Faça chuva ou faça sol! É uma história meio sem pé, sem cabeça, inventada pelo Diego, mas é tão engraçado! A Bela deita na cama e já pede a “história da Rafa”. Depois tem oração especial pelas priminhas e isso já virou o ritual do sono.

No dia das mães finalmente conseguimos reunir todas e foi uma festa só! Casa cheia, bagunça e brinquedos por toda a parte, multidão de fraldas sujas no lixo, orquestra sinfônica de choros e risadas (tudo junto e misturado). E claro que teve fotinhos delas juntas, pra guardar pra sempre aqui, que é nosso diário, no HD, na câmera, no computador…. 

Muito amor por essas meninas! 

Ah! A boa notícia é que esse mês outras duas primas da Bela se mudaram pra pertinho (outra Rafa e a Marcela, filhas da minha prima Michelle, quem eu tenho as melhoras histórias de infância). Sim! Só tem mulher por aqui, e estamos amando!!! 

Deixe seu comentário

1comentários

  1. Michelle Boscato - 18 de julho de 2017 às 20:08

    Ah, histórias de primas ficam sempre na memória! A Rafa e a Marcela vão amar crescer com a Bela! 😍😍😍